5 dicas para um bom CV

| Publicado por | Categorias: CV

A análise de um curriculum vitae (CV) continua a ser uma parte fundamental no processo de recrutamento. Esteja o CV numa rede social, num site de portefólio ou num anexo, em PDF.

Por esse motivo, há cinco regras básicas que convém seguir, para que consiga reduzir o risco de não analisarem o seu currículo:

1. Evite erros ortográficos ou gramaticais – Cerca de metade dos CVs apresentam erros ortográficos e/ou gramaticais. Basta ter um destes problemas no seu currículo, para não ser considerado pela empresa de recrutamento. Utilize um corretor ortográfico, por exemplo.

2. Uma posição, um CV – Currículos standard são outro passo para a rejeição. Cada CV deve ser adaptado à empresa e posição a que se concorre. Se a empresa pede em modelo Europass, deve-se enviar nesse modelo. Se a empresa não pede um modelo específico, tente adaptá-lo de modo a mostrar os aspetos mais importantes para a vaga a que está a concorrer.

3. 2 a 3 páginas, no máximo – Não há um consenso nesta matéria, porque cada caso é um caso. No entanto, tome este limite como um guia.

4. Lembre-se das informações pessoais – Há informações pessoais que devem estar num CV:

  • nome,
  • cidade,
  • contactos (telefone e email),
  • e link para site pessoal ou perfil de Linkedin.

5. Apresente um CV cuidado – Um curriculum vitae tem que ter boa apresentação. Deve estar bem formatado, os tipos e os tamanhos de letra, por exemplo, devem ser coerentes (um tipo e tamanho para os títulos, outro tipo e tamanho para descrição dos dados). Caso tenha de ser impresso, além da boa formatação, a qualidade do papel e da impressão também conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *